terça-feira, 25 de julho de 2017

Uma noite memorável na Cavaleiros do Oriente número 04



A ARLS Cavaleiros do Oriente Nº 04 recebeu na noite de ontem (24.07) as ilustres visitas dos Irmãos Orlando Araújo Júnior (Silence Nº 01 - RJ), José Elias Andrade Barbosa (Panamericana Nº 13 -         GLMPE), Luiz Jairo Moraes Notargiácomo e Roberto José Larrosso (Obreiros do Litoral Nº 136 - GLMRS). A visita possibilitou confraternização e troca de experiências entre os irmãos. Na oportunidade o irmão Orlando Araújo fez uma magistral apresentação sobre a maçonaria, sua filosofia, simbologia, história e espiritualidade que encantou a todos. Para o Venerável Mestre Marcelo Teixeira, a visita foi muito proveitosa. "Foi muito bom receber a visita destes valorosos irmãos, que estavam de passagem por nossa região e resolveram nos visitar. Foram momentos de muita aprendizagem com mais uma sessão marcante na nossa Loja Cavaleiros do Oriente Nº 04 que este ano completa 85 anos (24.10). Ao término da reunião seguiu-se uma rodada de fotos e um Ágape oferecidos aos nossos ilustres e estimados irmãos. 

terça-feira, 7 de março de 2017

ARLS Cavaleiros do Oriente Nº 04 participa ativamente das comemorações dos 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817

 
rev
 


No último dia 06 de março, o Estado comemorou a passagem dos 200 anos da Revolução Pernambucana de 1817, que também ficou conhecida como “Revolução dos Padres”. Foi um movimento pela emancipação política, que teve como causas a crise econômica, a oposição ao absolutismo da monarquia portuguesa e a influência das ideias iluministas propagadas na época pela Maçonaria.
O movimento foi iniciado em 06 de março de 1817, com a ocupação do Recife, liderada por Domingos José Martins, José de Barros Martins (“Leão Coroado”), Frei Caneca, Antônio Carlos de Andrade e Silva (irmão de José Bonifácio) e o padre João Ribeiro. Depois instalaram um governo provisório e proclamaram a República.
No dia 29 de março de 1817 foi convocada uma Assembleia Constituinte, formada por representantes eleitos em todas as comarcas. Durante a assembleia foi formalizada a separação entre os poderes Executivo, Legislativo, Executivo e Judiciário; garantida a liberdade de culto, embora o catolicismo tenha sido mantido como religião oficial; abolidos alguns impostos e proclamada a liberdade de imprensa. 
O movimento se expandiu pelo Nordeste, mas conquistou poucos apoios e adesões. Os revolucionários ficaram no poder por cerca de três meses. Foram derrotados pelas tropas portuguesas fiéis a Dom João VI, que entraram no Recife em 19 de maio e no dia seguinte renderam os insurgentes.
Evento – O Governo do Estado comemorou a data nesta segunda-feira (06) com uma solenidade no Palácio do Campo das Princesas, onde constou a entrega de medalhas do bicentenário da revolução a entidades e ex-governadores de Pernambuco; desfile cívico-militar, chamada solene dos nomes dos revolucionários e descerramento de uma placa no hall do Palácio.
 

Durante o dia foram homenageados grandes nomes do movimento de 1817, dentre eles muitos IIr.: Maçons que deram a vida pela revolução, como Frei Caneca entre outros. A Loja Cavaleiros do Oriente Nº 04 esteve presente efetivamente a cerimônia na parte da manhã, com a presença do Venerável Mestre, Marcelo Teixeira, o Ir.: 1° Vig.: Eduardo Spalding, o  Ir.´. 2º Vig.'. Roberto Lopes e o Ir.'. Sec.'. Jander Dileu, todos representando a Loja e levando o nosso Estandarte, ao lado da Grande Loja Maçônica de Pernambuco - GLMPE demais IIr.: das loja jurisdicionadas. A GLMPE representou a maçonaria pernambucana no evento realizado no Palácio do Campo das Princesas, com a presença do Governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e de ex-governadores do Estado e à noite na Assembléia Legislativa de Pernambuco, com destaque para a Placa Comemorativa recebida por nosso Sereníssimo Grão-Mestre Janduhy Cassiano e entregue pelo presidente da ALEPE, Guilherme Uchoa. Já o Arcebispo de Recife e Olinda, Dom Fernando Saburido recebeu a medalha comemorativa ao bicentenário da Revolução das mãos do Governador Paulo Câmara. Também participaram da solenidade o prefeito Geraldo Júlio , representantes do judiciário, militares, maçons e demais autoridades. Estiveram presentes à cerimônia na ALEPE, o VM da Loja Cavaleiros do Oriente Nº 04, Marcelo Teixeira, acompanhado do Ir.'. VM de Honra, Luiz Sérgio, Ir.'. Or.'.Hélio Henriques, Ir.'.Guarda do Templo,Roberto Barconi, e o Ir.'. Porta Estandarte, Adílson Marçal.
 

Adicionar legenda








 









 
 


 

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

GLMPE REALIZA A INSTALAÇÃO DOS VENERÁVEIS MESTRES 2017 DAS ARLS JURISDICIONADAS.

GLMPE REALIZA A INSTALAÇÃO DOS VENERÁVEIS MESTRES 2017 DAS ARLS JURISDICIONADAS.

O processo se iniciou no dia 9 de janeiro de 2017, no Oriente de Olinda, no Templo principal do Palácio Maçônico da Grande Loja, onde foram instalados 19 Veneráveis.
Os trabalhos foram conduzidos pelo  Grão Mestre Janduhy Fernandes Cassiano Diniz, que se desincumbiu da missão com grande maestria.
A Loja Cavaleiros do Oriente nº 04 contou com a presença de 13 obreiros de sua Loja que prestigiaram a Instalação do novo Venerável Mestre, Marcelo Luiz C. Teixeira, que dirigirá a Loja no exercício 2017. 
 

 
 
 

terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Cerimônia Magna dos Novos Veneráveis da Grande Loja Maçônica de Pernambuco





Na segunda-feira(04.01) foi realizada a Cerimônia Magna de Instalação dos Novos Veneráveis. A Loja Cavaleiros do Oriente nº 04 esteve presente com a participação de 10(dez) Irmãos que foram prestigiar o nosso novo Venerável Mestre, o Ir.'. Luiz Sérgio. Que o Grande Arquiteto do Universo o ilumine e guie nessa nova jornada, juntamente com os Irmãos que irão compor a sua administração 2016. A cerimônia de Instalação foi conduzida pelo Sereníssimo Grão Mestre Jandhuy Cassiano e seu adjunto João A.Muniz. Foi uma noite marcada por muita emoção e muitas congratulações entre os Irmãos e as Lojas Maçônicas vinculadas à GLMPE.

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

83º aniversário da Loja Cavaleiros do Oriente nº 4

 

No último sábado dia 24 de outubro, sob as bênçãos de Deus, o Grande Arquiteto do Universo, foi comemorado com um churrasco e seguido de almoço, o 83º aniversário de fundação, em 24.10.1932, da Loja Cavaleiros do Oriente nº 04, vinculada à Grande Loja Maçônica de Pernambuco - GLMPE. A festa contou com a presença do Venerável Mestre Antônio Isac, e de muitos obreiros da Loja com seus familiares. A sede da Cavaleiros do Oriente em Jardim São Paulo, na cidade de Recife (PE), ficou pequena com a presença da maioria dos Irmãos, e cheia de graça e beleza das senhoras cunhadas e sobrinhos presentes. Na oportunidade, os Irmãos Gaspar Baltazar e José Simão de Góis receberam o título de remidos da Loja, juntamente com outros Irmãos que não puderam participar do evento.

A cerimônia festiva prosseguiu com almoço-musical, abrilhantado em voz e violão pelos Irmãos Hélio Henriques e Adir Atila.

Ao ensejo de mais um aniversário de nossa estimada Loja Cavaleiros do Oriente nº 04, aproveitamos para saudar todos os irmãos que constituem, verdadeiramente, as colunas de sustentação desta querida Loja. Comemorarmos 83 anos só foi possível com a abnegação e labor de todos os irmãos que constituíram e constituem hoje o quadro de obreiros desta Oficina. Parabéns a todos, especialmente os queridos irmãos e cunhadas que vieram abrilhantar a nossa comemoração.

                                                                                   FOTOS






















Galeria de Fotos

Os Cavaleiros Templários - A Origem da Maçonaria

A Maçonaria

MAÇONARIA - TEMPLO DE SALOMÃO

Como tornar-se Maçom

Dan Brown fala sobre a maçonaria

Maçonaria: Ser Maçom

Video que mostra alguns dos grandes Maçons.

O Maçom Luiz Gonzaga - O Gonzagão

Breve história da Loja Cavaleiros do Oriente nº 4.

Stephen John Richard Allen (*)

Meus Ir.:,

A história é parte integral da vida. Sem a presença do passado não teria o presente, e sem o presente, nunca estaremos presentes no futuro.

A “Augusta e Respeitável Loja Simbólica Cavaleiros do Oriente” foi fundada em 24 de outubro de 1932. A loja era a primeira fundada sob a potência da Grande Loja de Pernambuco (apesar seu número ‘04’), sendo fundada apenas 18 dias após da fundação da Grande Loja.
Foram os seguintes IIr.: que elaborarem o estatuto da loja, registrado no dia 06 de junho de 1933, no 1º Cartório de Registro de Títulos e Documentos da Rua Diário de Pernambuco:

Venerável Mestre, Ir.: Zeferino Agra de Lima;
1º Vigilante, Ir.: Samuel Ponce de Leon (que em 1947 foi Venerável Mestre);
2º Vigilante, Ir.: João Capistrano Bezerra;
Orador, Ir.: Abdenago Rodrigues de Araújo;
Secetário, Ir.: Luiz Aurélio de Oliveira;
Tesoureiro, Ir.: Apolinário de Azevedo;
1º Diácono, Ir.: Moysés Cícero do Rego Gomes;
2º Diácono, Ir.: José Lacerda;
Chanceler, Ir.: Edmundo Osmundo Cavalcanti;
Mestre das Cerimônias Ir.: Orlando Feijó de Melo;
Hospitaleiro, Ir.: Joaquim Luiz Rabelo e
Cobridor, Ir.: Otávio Cavalcanti de Alberquerque.

Estes nomes são importantes para todos nós, pois sem estes homens livres e de bons costumes não apenas nossa existência como uma loja não teria sido possível, e é bastante provável que nosso ingresso na Maçonaria também não teria acontecido.

A loja sempre foi cosmopolita. Ela têm uma história expressiva de IIr.: que vieram de outros orientes, como IIr.: Samuel Ponce de Leon, Salvador Moscoso, Manoel Pereira Lopes e Manoel Francisco de Campos que eram do oriente do Portugal.Ir.: Alexandra Markus de Tchecoslováquia, Ir.: Ângelo Papaleo era Italiano,
e eu, Ir.: Stephen John Richard Allen natural de York, Inglaterra. Aliás, a loja, na maioria do tempo, foi composta por mais IIr.: não naturais de Pernambuco de que IIr.: pernambucanos, mostrando a grandiosidade da maçonaria. Podemos olhar em nosso quadro agora para ver IIr.: que são naturais de Espírito Santos, Paraíba, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Ceará, Rio Grande do Sul, Distrito Federal e São Paulo.
Durante sua história, Cavaleiros do Oriente sempre teve laços estreitos com a grande loja, participando ativamente com seus obreiros e preenchendo cargos importantes. A loja tem a honra de ter em seu quadro obreiros, citamos apenas alguns, que tiveram cargos na Grande Loja de Pernambuco:

Grão Mestre:

1946/48 - Roberto Le Coq de Oliveira;
1954/61 - Salvador Pereira d'Araújo Moscoso;
1964 - Manoel de Lima Filho

Deputado do Grão Mestre:

1949 - 1958 - Oswaldo Andrade

Gr.: Rep.: da Gr.: Lo.: de Pe.: :

1949 - Manoel Pereira Lopes com o Gr.: Or.: de Amazonas
1958 - Oswaldo Andrade com a Gran Logia Occ.: de Columbia – Cali
João Capistrano Bezerra com a Gr.: Lo.: do Est.: de Paraná

A loja teve sete endereços durante a sua longa história. O primeiro endereço da loja foi na Rua do Dique, no bairro de São José, Recife, e passou pela Rua da Aurora, 277, até 1964, quando se mudou para Rua Augusta, 699 e, mais tarde Rua 24 de Maio também no bairro de São José. Um endereço encontrado nos documentos da loja foi Avenida Dantas Barreto, 1253, registrado em 1977.

No final de 1989 a loja foi transferida para o prédio sede da Grande Loja de Pernambuco, na Rua Imperial, 197 no Bairro de São José.

Em 1995 a loja Cavaleiros do Oriente conseguiu seu templo próprio na Rua Dr. Gustavo Pinto, no bairro de Jardim São Paulo.

O prédio da oficina foi construído em 1994 através de ajuda e colaboração de homens como Ir.: Eduardo Guerra que é reconhecido como peça fundamental para a realização da obra, por sua dedicação, carinho e vontade de realizar pelo bem da ordem, Ir.: Fernando Viveiros, Ir.: Eliomar de Almeida e o Ir.: presente ativo José Simão de Góis.

Por causa das enchentes durante os anos setenta, muitos documentos foram destruídos e que contavam a história da loja Cavaleiros do Oriente. A data exata que a loja recebeu o título de ‘benemérita’ é imprecisa, porém a primeira referência do título foi encontrada numa correspondência entre a loja Cavaleiros do Oriente e a Grande Loja de Pernambuco datada dia 12 de março de 1947. No mesmo documento o título Val.: também foi citado.

O título ‘Cinqüentenária’ foi concedido pela Grande Loja de Maçônica de Pernambuco em 2005.

A loja Cavaleiros do Oriente sempre foi ativa na realização de ações sociais, não na busca de reconhecimento como uma boa colaboradora (na maioria das vezes as ações nem foram divulgadas), porém, mais importante, era contribuir na busca de resultados positivos que aquela ação merecia.

Por isto muitas ações sociais da loja não se destacaram na imprensa, na Grande Loja nem foram comentadas entre IIr.: das demais lojas em nosso Or.:.

É claro, falo do trabalho importantíssimo das cunhadas da loja, sem as quais muitas destas ações não teriam sido realizadas.

As ações eram várias, muito mais do que podiam ser colocadas aqui, mas, permitam-me citar algumas; como distribuição emergencial de colchões e roupas após as enchentes que prejudicaram o nosso Or.: de Recife durante os anos 70; recuperação de cadeiras escolares que foram redistribuídas no setor escolar público; distribuição de fraldas descartáveis para creches para mães de baixa renda e fornecimento de medicamentos para o Hospital do Câncer em Recife.

O trabalho da loja Cavaleiros do Oriente é um constante, e após 75 anos de existência de uma loja vibrante, saudável e harmoniosa, esperamos que nossos futuros IIr.: possam celebrar e saudar a loja em seu centenário aniversário.

(*) Ir.: Stephen Allen é Mestre Instalado da Loja Cavaleiros do Oriente nº 4.